A primavera chegou e com ela um clima bem quente e úmido. Além de colaborar com a beleza das flores, este clima é propício para algumas doenças. 

Continue a leitura para saber quais são as principais e veja dicas de como tratá-las e se prevenir! 

Conjuntivite alérgica

A conjuntivite alérgica pode ter como fator desencadeante poeira, ácaros, caspas de animais e pólens. Pode também estar relacionada à rinite alérgica. Ao contrário das conjuntivites virais e bacterianas, a alérgica não é transmissível.

Os sintomas são:

  • coceira
  • olhos vermelhos
  • lacrimejamento
  • inchaço nos olhos
  • sensibilidade à luz

O tratamento, geralmente, é feito com colírios, mas é muito importante consultar um profissional de saúde para o diagnóstico correto do tipo de conjuntivite.

Para se prevenir, evite produtos de limpeza com cheiro forte, encape travesseiros e colchões com tecidos impermeáveis,  troque as roupas de cama pelo menos uma vez por semana e evite ficar próximo de pessoas que estão fumando.

Catapora

Ao contrário das doenças citadas anteriormente, a catapora não é alérgica, ela é causada por um vírus (Varicela-Zoster) e é muito contagiosa. 

Os principais sintomas são:

  • pequenas bolhas e erupções vermelhas na pele
  • coceira
  • febre alta

O tratamento deve ser indicado por um médico. Geralmente, é feito com antitérmicos e analgésicos. É recomendado que se evite coçar e tirar as crostas das lesões na pele. E, para aliviar a coceira, compressas de água fria e banhos frios ajudam.

A melhor forma de se prevenir da doença é tomar a vacina. Além disso, é muito importante evitar o contato do paciente com infectado com pessoas que estão com algum problema de imunidade.

Rinite alérgica

O pólen das flores pode irritar as vias respiratórias causando a rinite alérgica. Essa condição é similar a um resfriado e é muito comum em crianças. 


Os sintomas mais comuns são: 

  • coriza
  • espirro
  • coceira e/ou incômodo no nariz, boca ou garganta.

O tratamento depende dos sintomas, e pode envolver anti-histamínicos, antialérgicos ou corticóide. O importante é sempre consultar um médico.

Para se prevenir faça a lavagem nasal com soro fisiológico, beba bastante líquido, tire do ambiente objetos que acumulam poeira, evite produtos de limpeza com cheiro forte, encape travesseiros e colchões com tecidos impermeáveis e mantenha os ambientes bem ventilados. 

Asma

O clima da primavera pode desencadear crises asmáticas, já que quando os brônquios ficam inflamados e entram em contato com um fator desencadeante (poeira, pólens, ácaros, poluição, fumaça de cigarro, ar frio ou exercício físico) dificultam a respiração.

Os sintomas são: 

  • falta de ar
  • chiado ou aperto no peito
  • tosse

O tratamento é específico para cada pessoa. Geralmente, envolve broncodilatadores e o uso de corticoide. Existem também medicamentos chamados imunobiológicos para os casos mais graves.

Para quem possui a doença, a prevenção das crises consiste em evitar ambientes fechados, pouco ensolarados e sem ventilação, arejar a casa, trocar roupas de cama com frequência e reforçar cuidados com a limpeza da casa, evitar exposição à fumaça de cigarro e poeira, manter a vacinação em dia e praticar exercícios físicos regularmente.

Na FCA Saúde, oferecemos o RespirAr, o Programa da Promoção da Saúde que visa prevenir e combater doenças respiratórias como Asma, Bronquite ou outras doenças respiratórias crônicas. São  elegíveis ao programa beneficiários e beneficiárias dos Planos da  FCA Saúde, independentemente da idade.

Para se inscrever, basta agendar uma consulta com um Médico FCA Saúde pela Agenda Fácil (site ou aplicativo) ou Disque Saúde (31) 3304-3900.

Cuide-se!